Como se Tornar um Palestrante de Sucesso

Como se Tornar um Palestrante de Sucesso

 

 

 Primeira dica: assista a palestras motivacionais

Uma das formas mais simples que o ser humano é capaz de aprender, é observando e recuperando feedback daquilo que observa. Por exemplo, muitos jovens jogadores passam o tempo a observar vídeos dos melhores jogadores do mundo, tentando depois copiar as técnicas que eles usam. Enquanto palestrante, o treinador pode fazer o mesmo e assistir a palestras, para que possa perceber que tons de voz são usados, movimentos, pausas quando fala, citações e histórias. Tudo isso é muito importante. Observe também a reação das pessoas que assistem a essa palestra, e anote as suas reações a cada coisa que o palestrante fizer.

 

 Segunda dica: escreva primeiro, fale depois

Se esta palestra antecede um dos jogos mais importantes do campeonato, não cometa o erro de falar sem saber o que vai dizer. Pode já ter uma ideia na cabeça daquilo que pretende transmitir aos jogadores, mas primeiro, anote tudo o que vai dizer, mas tudo mesmo, e não deixe ficar nada por escrever. Depois, organize as ideias por ordem que pretende dizer, selecione as importantes e as que não interessa. Agora, para cada ideia importante, escreva-a como se fosse uma única palestra, desde que não seja muito longa. Escreva cada ideia para criar conforto, criar vontade ou para gerar confiança. Todas essas ideias bem organizadas e estruturadas vão certamente seduzir quem o está a ouvir e levará os palestrantes a seguir as suas ideias.

Terceira dica: evite ficar nervoso ao falar

Evitar o nervosismo não é fácil, especialmente se ainda somos inexperientes nas nossas palestras. Mas não é impossível vencer o nervosismo. Muitas pessoas têm os seus truques para não ficarem nervosas nas suas palestras. Beber água fria para resfriar um pouco o corpo, relembrar alguma situação muito confiante que já viveram, ou imaginar-se a discursar na palestra, é sempre uma boa ajuda. Mas se ainda não deu nenhuma palestra e não consegue imaginar como ela vai correr, apenas consegue imaginar como pode acontecer, acredite que a palestra vai correr diferente, melhor e mais simples do que aquilo que você imaginou.

 

Quarta dica: não esqueça de humor na sua palestra

Alguma vez foi capaz de assistir a uma palestra de duas horas sem esta ter humor algum? Eu não me lembro de o ter feito em nenhuma vez na minha vida. Quando assistimos a uma palestra, por vezes, esta torna-se monótona, e a nossa mente começa a divagar em outros assuntos e ideias. Para um palestrante, isso é a pior coisa que pode acontecer, porque se toda a gente que o estiver a ouvir de repente fica cansada de o ouvir, isso quer dizer que ele falará em vão e está a perder o seu tempo. Pior que isso, é que não consegue transmitir a ideia que pretende apenas porque não a transmite da forma correta. Podemos até ter o melhor método de comunicar do mundo mas, se não chamarmos a atenção de quem nos está a ouvir, esse método é inútil. É por isso que surge o humor, pois toda a gente gosta de uma boa risada. Muitas vidas já são entediantes que chegue e muita gente que assiste a uma palestra precisa de algo que a faça sorrir. Aproveite essa dica e seja divertido, mas não exagere.

 

sucesso 1

 

Quinta dica: seja honesto daquilo que diz

Se quem o está a ouvir não o conhece, ser honesto é tão útil e importante quanto obrigatório. Perante palestrantes novos, existe sempre uma certa desconfiança por parte do público que o vai ouvir. Além daquilo que o palestrante vai dizer, as pessoas não só vão testar o seu discurso, como tentar testar a personalidade e caráter da pessoa. Isto quer dizer que, para ser um orador de sucesso e profissional, primeiro precisa conquistar o ouvinte para só então transmitir a sua mensagem.

 

Sexta dica: seja surpreendente naquilo que diz

Se começar agora mesmo a falar de um assunto que apenas foi discutido 500.000 vezes em todo mundo, é praticamente garantido que ninguém o ouvirá. Por outro lado, se a sua palestra diz algo de novo, algo que ainda ninguém ouviu, da minha parte garanto que todos o ouvirão e partilharão cada uma das suas ideias com os seus amigos e conhecidos. Uma das maiores regras de ouro para fazer uma boa palestra é sem dúvida ser original naquilo que diz. Isso marca a diferença.

 

Sétima dica: aprenda linguagem corporal

Bem, era só para dizer que, quando comunicamos, apenas uma parte é vocal. A maior parte é através da linguagem corporal, que geralmente apenas é compreendida pelo nosso inconsciente. É por essa razão que dou tanta importância à diferença entre o consciente e o inconsciente em vários artigos de comunicação e psicologia. Quando comunicamos, por melhor que a nossa mensagem seja, muitas vezes é mal transmitida devido a nossa posição do corpo. Imagine dois oradores na mesma sessão: um que se movimenta pelo espaço todo, e um que fica sentado para trás, de braços cruzados. A qual deles é prestada mais atenção? Pois claro, ao que se movimenta mais pelo espaço.

 

Dica extra: nunca considere que sabe fazer uma palestra.

Atualmente, o mundo está a evoluir demasiado rápido, e qualquer pessoa pode aprender a fazer qualquer coisa com facilidade. Isso inclui aprender a fazer uma palestra com facilidade. Por isso, para ser um bom palestrante, mantenha-se atualizado, e procure sempre novas e modernas técnicas para se fazer ouvir. Claro que corre bem uma palestra quando as pessoas gostam de o ouvir, mas, se cada um dos ouvintes conhece as técnicas que você usa, a mensagem não será a mesma.

 

 

PS: Curso Altamente Recomendado para Se Tornar um Palestrante de Sucesso:

 

 

 

Clique Aqui e Conheça o Curso: Como Se Tornar um Palestrante de Sucesso

 

 

 

 

Gilson Melo

Empreendedor Digital especialista em Empreendedorismo Digital, e seu objetivo é ajudar o maior número de pessoas possível a conquistar um espaço no mercado Digital, ensinando e investindo no Marketing Digital.

Website: http://habitosdesucesso.besaba.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *